O poder da sapatilha para aumentar o seu desempenho

Não há motivos para abordar os pontos positivos e negativos da sapatilha, considerando que de cada 10 ciclistas que usam esse acessório, 11 concordam com a sua importância. É justamente sobre isso que vamos comentar a seguir. A sapatilha, assim como todos os componentes da bicicleta, surgiu naturalmente no processo de evolução da modalidade como um todo. Atualmente, a sapatilha possui inúmeras vantagens, entre elas: desempenho, conforto, estabilidade e segurança.

História

No mercado, é possível encontrar modelos variados de sapatilhas, com especificações diversas, como peso, rigidez e preço. É certo que cada modelo possui vantagens e desvantagens, mas tudo vai depender da sua necessidade. Até o final dos anos 80, os ciclistas não conheciam esse acessório. O mais próximo que chegaram foi com um firma-pé. O que hoje conhecemos como sapatilha no ciclismo surgiu através das empresas de esqui.

As vantagens da nova tecnologia foram tão óbvias que as equipes de mountain bike e estrada passaram a utilizar nas competições e, aos poucos, caiu no gosto de todos os ciclistas. Registrou André Formigão Bike Fit:

Antes, os ciclistas perdiam o controle da bicicleta apenas usando o pedal de plataforma. Pensando na segurança, começaram a usar o firma-pé e, consequentemente, passaram a utilizar o pedal de encaixe. 

Iniciantes

Importante lembrar que o uso da sapatilha requer alguns cuidados, principalmente para os iniciantes. Primeiro, é bom lembrar que não precisa ter “medo” ou “receio”. Claro que, assim como todo o equipamento que é uma novidade, é preciso de uma fase de adaptação. É recomendado que você treine o engate (clipar) e o desengate (desclipar) da sapatilha para ficar craque e não errar em nenhum momento.

Vantagem

A grande vantagem da sapatilha é que ela impede que o pé fique solto e que, acidentalmente, o mesmo escorregue durante uma pedalada. O pedal de encaixe, além de dar mais estabilidade ao ciclista, proporciona um posicionamento correto dos pés e restringe o grau de rotação do joelho.

É sempre importante lembrar: a ajuda de um profissional pode fazer a diferença, já que para usar a sapatilha é preciso fazer alguns ajustes.

“Não adianta comprar a sapatilha sem fazer os ajustes necessários. O mau uso pode gerar lesões, assim como o ajuste ideal pode evitar um desconforto maior. Essa regulagem depende do perfil de cada ciclista”

Destacou André Formigão.

Com a sapatilha é possível aproveitar muito melhor todas as fases da pedalada. Cada ciclo – puxada, compressão e retorno – se torna mais perceptível, dando ao ciclista o desempenho necessário para uma competição ou simplesmente um passeio de maneira confortável. Diante de tudo isso, não há como apontar possíveis desvantagens para o uso da sapatilha, tanto para o mountain bike como para o ciclismo de estrada. Pode apostar, quem usa a primeira vez jamais quer largar.

2017-07-23T18:17:22+00:00 20/06/2017 10:49:28|BGF: Melhore Seu Desempenho, RAC: Melhore Seu Desempenho|