5 acessórios que podem ‘salvar’ o ciclista

Pedalar é uma experiência prazerosa. Difícil ver um ciclista que pedala por obrigação ou qualquer outra situação semelhante. Sair pedalando por aí é uma opção que o ciclista faz por paixão pelo esporte. Seja em grupo ou sozinho, é necessário sempre pensar na segurança e no conforto da pedalada. Por esse motivo, listamos 5 itens que podem ‘salvar’ a sua vida, tanto na trilha, como na cidade ou em uma rodovia.

Ciclistas, geralmente, utilizam camisas específicas. Esse vestuário, além de chamativo, com cores fortes, que possibilita uma identificação à distância, é composto por três bolsos. Esse detalhe não é um critério estético, mas sim um verdadeiro guarda volume que deve ser bem aproveitado pelo ciclista. É, por esse motivo, que recomendamos o uso da camisa de ciclista.

Assim como qualquer outro meio de transporte, a bicicleta está sujeita às adversidades de um percurso: pneu furado, empeno de roda, folgas, entre outras coisas. Claro que, seguindo as orientações básicas de segurança mecânica, o ciclista minimizar a maior parte dos problemas que podem ocorrer. No entanto, outros problemas, sendo o mais comum os furos no pneu, podem ocorrer sem qualquer aviso. Segue abaixo uma lista com 5 itens que todo ciclista deve levar para uma pedalada.

  1.    Bomba

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que um item complementa o outro. Uma bomba de ar é sempre necessária para os casos de urgência. Para isso, o ciclista deve observar o tipo de válvula da sua câmera de ar: americana ou presta. Em outras palavras, válvula com pito grosso ou pito fino. Em sua maioria, as bombas de ar possuem a tecnologia para os dois tipos; basta o ciclista saber fazer a mudança na própria bomba (em caso de dúvida sempre perguntar ao profissional da loja). Atentar, também, para a importância de comprar um equipamento com qualidade, que pode facilitar no momento de colocar pressão nos pneus.

  1.    Câmara de ar

O ciclista cuidadoso deve sempre levar uma câmara de ar reserva. Dependendo da pedalada, da distância ou das adversidades do terreno, é recomendável pelo menos duas câmaras. Acredite, câmara de ar nunca é demais quando o assunto é não ficar na mão em meio a uma trilha ou em uma rodovia. Observar também o estado da câmara, já que aquelas remendadas podem ter algum tipo de problema. Na dúvida, tenha câmaras de ar novas.

  1.       Espátulas

O que fazer com uma bomba e uma câmara de ar sem as espátulas. Claro que, utilizando a arte da improvisação, o ciclista pode conseguir fazer a troca da câmara. Alguns pneus, não precisam de espátulas para serem retirados do aro. É um item desnecessário? Logicamente que não. Como ocupa pouco espaço, o ciclista pode levar sem preocupação. É recomendável que tenha em mãos, ao menos, 3 espátulas. Para saber como fazer uma troca de câmara, assista ao vídeo em nosso canal

  1.       Remendo e cola

Procure sempre levar remendo e cola para a sua pedalada. Assim como as espátulas, o remendo e a cola são itens pequenos que podem ser facilmente levados no bolso traseiro do ciclista. Dica: leve câmara de ar reserva, remendo e cola. Os três se complementam em caso de uma urgência maior.

  1.       Kit de ferramentas

O kit de ferramentas é quase um kit de primeiros socorros da bicicleta. Existem kits básicos e sofisticados e o ciclista deve ter em mãos àquele que melhor se adeque a sua realidade. Tem kits com ou sem extrator de corrente, com diversos tamanhos de chave allen, entre outros tipos. Em caso de dúvida, converse com um profissional qualificado e analise a necessidade da sua bicicleta. Um kit desses é sempre importante para fazer pequenos ajustes, como aumentar ou diminuir a altura do selim, apertar a caixa de direção, entre outros. Mas lembrando, cuidar da segurança mecânica da bicicleta reduz bastante a possibilidade de ter algum problema durante uma pedalada.